Ventus Australis

Exploradores da Patagônia

“Fãs de navegação e com um profundo conhecimento das maravilhas que esconde o extremo sul do Chile, os fundadores da Australis foram pioneiros em realizar o primeiro cruzeiro turístico na rota Puerto Montt-Puerto Williams-Punta Arenas. Era o ano de 1968 e ainda faltava um longo caminho para percorrer antes da Australis finalmente nascer em 1990, quando foi adquirido o primeiro cruzeiro de expedição. Desde então fomos aperfeiçoando cada vez mais nossos navios, nossos serviços e nossas rotas”. Assim, o Gerente Geral da Cruzeiros Australis, Pedro del Río, resume a história desta empresa de Cruzeiros de Expedição, com 29 anos de experiência na navegação pelos canais mais austrais da Patagônia chileno-argentina, em programas de 4 e 8 noites, que exploram o Estreito de Magalhães, o Canal Beagle e a Terra do Fogo, unindo as cidades austrais de Ushuaia e Punta Arenas.”

Todos os direitos reservados Australis

 

(R) Copyright Australis

(R) Copyright Australis

A bordo de modernos navios, de tamanho reduzido – que garantem com isso uma atenção personalizada e uma experiência intimista – viajantes de todos os continentes conhecem uma das regiões mais intocadas do mundo, navegando através de glaciares e fiordes até chegar ao mítico Cabo Horn, vivendo em primeira mão a natureza primitiva, povoada por uma flora e fauna de enorme beleza. Com navegações e desembarque nos seguros em barcos infláveis da Zodíac, o passageiro explora e passa pelos principais pontos de interesse através da Terra do Fogo, seus glaciares e parques nacionais (em meio a Cordilheira de Darwin), seus bosques nativos e fauna, onde se destaca a maior colônia de pinguins de Magalhães do Chile.

Todas as excursões são lideradas por guias experts na geografia, glaciologia, flora e fauna da região. Aquelas que incluem desembarque em terra culminam com uma reconfortante xícara de chocolate magalhânico (com um toque de whisky).

SERVIÇOS A BORDO – A Australis conta com uma gastronomia de nível internacional e opera com o sistema “tudo incluído”, com almoço buffet temático e ceia à la carte. O assessor gastronômico é o Chef Emilio Peschiera, um dos chefes mais bem sucedidos do Chile. O bar, que também opera no sistema “tudo incluído”, conta com uma ampla oferta de drinks selecionados, onde a estrela é o “Calafate Sour”, e os vinhos das vinícolas Viu Manent, Los Boldos e De Martino. Adicionalmente, durante a navegação todos os passageiros tem à sua disposição uma biblioteca com literatura sobre a flora, fauna e história da região, jogos de salão e outras atividades de entretenimento a bordo. Ao finalizar o dia, os guias realizam uma breve palestra sobre as excursões do dia seguinte, que completam com informações de interesse sobre a fauna típica da região, geografia, glaciologia, etnografia e história desta parte da Patagônia.

(R) Copyright Australis

Roteiro:

Day-by-Day

DIA 01 – Ushuaia

Check in entre 10:00 e 17:00 horas na Avenida San Martín 409, Ushuaia. O embarque será às 18:00 horas. A tripulação, liderada pelo seu capitão, lhe dará as boas vindas a bordo. Coquetel juntamente com os seus companheiros de viagem. Mais tarde, o navio zarpará para o “Fim do Mundo”. Passando pelo Canal Beagle e pelo Estreito de Magalhães, navegará pela Patagônia e Tierra del Fuego. É o começo de uma grande aventura.

(R) Copyright Australis

DIA 02 – Cabo Horn & Baía Wulaia

Navegaremos pelo Canal Murray e Baía de Nassau para chegar ao Parque Nacional Cabo de Hornos onde desembarcaremos se as condições climáticas permitirem. O lendário Cabo Horn foi descoberto em 1616; é um promontório quase vertical de 425 metros de altura. Durante anos foi uma importante rota de navegação entre os oceanos Pacífico e Atlântico. É conhecido como “o fim do mundo”. Foi declarado Reserva da Biosfera pela UNESCO em junho de 2005. Pela tarde, desembarcaremos na Baía Wulaia, lugar histórico que foi um dos maiores
assentamentos de nativos canoeiros Yámanas na região. Charles Darwin desembarcou neste lugar durante a sua viagem a bordo do HMS Beagle em 23 de janeiro de 1833. Este lugar também oferece uma beleza hipnótica de sua vegetação e geografia. Chegaremos a um mirante caminhando pelo bosque de Magalhães no qual crescem lengas, coigües, canelas e samambaias e outras espécies.

(R) Copyright Australis

DIA 03 – Glaciar Pia – Glaciar Garibaldi

Navegaremos pelo braço noroeste do Canal Beagle para entrar no Fiorde Pia e desembarcar perto do glaciar  de mesmo nome. Iniciaremos uma excursão até um mirante que oferece excelentes condições para a observação do cordão montanhoso, de onde se origina este impressionante glaciar e todo seu deslocamento até cair no mar. Durante a tarde ingressaremos no fiorde Garibaldi, na costa sul da Terra do
Fogo, onde poderemos realizar uma incrível excursão pela selva fria da Patagônia e uma caminhada de ascensão pelo interior do bosque até a base de uma cascata de origem glaciar, de onde poderemos apreciar uma imponente paisagem. Para aqueles que permanecerem abordo, nosso Capitão poderá navegar até ao glaciar Garibaldi que dá o nome a este lugar, de grande beleza e cor. Convidamos você às nossas coberturas exteriores para desfrutar da navegação panorâmica.

(R) Copyright Australis

DIA 04 – Seio Agostini, Glaciar Aguila & Glaciar Condor

Pela manhã navegaremos pelo canal Cockburn para entrar no Seio de Agostini, onde será possível apreciar os glaciais que descem desde o centro da Cordilheira Darwin, alguns deles chegando até o mar. Durante a manhã desembarcaremos nos barcos infláveis Zodíac, para fazer uma leve caminhada ao redor de uma lagoa formada pelo degelo do Glaciar Águila, com o qual chegaremos a ficar frente a frente com este. Pela tarde realizaremos uma navegação em barcos infláveis Zodiacs para nos aproximar do Glaciar Condor. Aprenderemos sobre a formação dos glaciais e sua influencia na abrupta geografia dos canais da Terra do Fogo.

(R) Copyright Australis

DIA 05 – Ilha Magdalena & Punta Arenas

No início da manhã, se as condições meteorológicas permitirem, desembarcaremos na Ilha Magdalena, no Estreito de Magalhães, lugar de detenção obrigatória para o abastecimento de antigos navegantes e descobridores. Esta ilha é o lar de uma imensa colônia de pinguins de Magalhães que poderemos apreciar durante a nossa caminhada até o farol, que orienta as distintas embarcações em suas passagens pelo Estreito. Nos meses de setembro e abril esta excursão será substituída por um desembarque na Ilha Marta, onde poderemos observar os leões marinhos desde os botes Zodiac. Finalizada nossa visita, terminaremos a viagem em Punta Arenas, onde desembarcaremos às 11h30.

(R) Copyright Australis

OBSERVAÇÕES: As excursões descritas nos itinerários são normalmente possíveis de ser realizadas. Não obstante, a empresa reserva o direito de alterar, mudar ou omitir parte do itinerário sem aviso prévio, seja motivada pelo bem-estar e segurança dos passageiros, para a preservação adequada do meio ambiente ou em caso de circunstâncias extraordinárias, casos fortuitos ou de força maior que o exija. Pelos mesmos motivos, a saída ou chegada das embarcações poderão estar sujeitas a eventuais mudanças. Da mesma forma, não há qualquer garantia de visualizar aves e animais já que a localização destes é variável.

Datas:

Galeria de Fotos:

INVESTIMENTO

VALOR POR PASSAGEIRO – A partir de

$ 1.590 DÓLARESREFERE-SE SOMENTE AO CRUZEIRO - Tarifa promocional EM cabine B
GARANTA A SUA VAGA

Quanto tempo falta para esta viagem?

Uma experiência inesquecível.

Você pode fazer reservas até 60 dias antes da data da viagem.

Não perca tempo.

Fale conosco